logo-senses arrow-down paper-plane facebook google-plus instagram linkedin twitter logo-move close hamburguer star newspaper play search contact mail-purple phone-purple pin-purple team hands solution plus methodology arrow-down-mobile arrow-right-mobile why-do-we-do cases client globe custom-arrow-right arrow-up arrow-left arrow-right

Tem que se ser líder para liderar?

Muito tem sido escrito nos últimos anos a respeito de liderança e muitas perguntas sempre surgem quando se aborda o tema. A provocação que eu faço é “tem que se ser líder para liderar?”. Mas, antes de responder a essa pergunta vale pensar em o que faz de alguém ser um líder. 

O primeiro aspecto que quero desmistificar é que não se nasce líder! A liderança é algo que se aprende com o tempo e com a experiência. E posso também dizer com a convivência com algumas pessoas inspiradoras. Então aí vai mais uma pergunta para você: quem é um líder exemplar para você? Além daqueles historicamente conhecidos, quem foi ou é a pessoa de sua convivência que você aprecia como líder?

Agora que você chegou ao nome dessa pessoa especial, vamos pensar a respeito dela. Que características essa pessoa tem? Que atitudes demonstra no dia a dia? 

Se você tiver oportunidade, antes de continuar a leitura, anote as respostas a essas perguntas.

Para mim, um líder tem alguns atributos especiais. Eu cheguei a esta listagem usando como base alguns grandes líderes com quem eu convivi e convivo ainda hoje. Vamos à lista:

1.    Um líder tem que ter autoconhecimento e autocontrole.

Não quero dizer com isso que um líder tem que ser um Super Homem ou uma Mulher Maravilha. Muito pelo contrário. Ele/ela tem que se conhecer bem. Entender quais são os seus pontos fortes e os seus pontos de desenvolvimento. E isso nos leva ao 2o tópico.

2.    Um líder tem que ser humilde.

Para inspirar é preciso dar o exemplo e também reconhecer, engrandecer e elogiar as boas iniciativas da equipe. Não se conquista o respeito dos outros sendo carrancudo ou autoritário. O exercício da humildade do líder não é baixar a cabeça, mas é reconhecer que o resultado vem da força da sua equipe.

3.    Um líder tem que ser audacioso.

Cada vez mais tem que se permitir que os integrantes da equipe tenham autonomia. O papel do líder nesse sentido é o de direcionar, dando abertura para o novo, usando de sua experiência e maturidade para dar as diretrizes.

4.    Um líder tem que confiar nas pessoas.

Isso parece até óbvio! Mas, o líder é aquele que consegue estimular um ambiente de confiança que por sua vez gera comprometimento e corresponsabilidade pelo alcance dos resultados.

5.    Um líder tem que ser apaixonado!

Eu costumo brincar que há pessoas que sorriem com os olhos. Esses são, a meu ver, os apaixonados. O entusiasmo é contagiante. Faz com fique mais fácil inspirar as pessoas ao seu redor.

Depois dessas dicas que aprendi com líderes fantásticos que tiveram presença marcante em minha vida, vamos voltar para a pergunta inicial: tem que se ser líder para liderar?

A minha resposta é não! Eu creio que a liderança nos vários ambientes que vivemos: empresa, casa, igreja, clube etc vem do exercício cotidiano das características listadas anteriormente.

Você quer exercer a sua liderança independentemente do seu cargo ou papel? Se sim: conheça-se profundamente, exercite a humildade, seja audacioso, confie em si mesmo e nas pessoas à sua volta e seja um eterno apaixonado. Dessa forma você vai inspirar e motivar aqueles à sua volta. 

Nem sempre é fácil, mas é muito gratificante. Vale tentar!

News By Email

Register to receive our news by email.